Casal faz lindo ensaio para registrar espera do filho adotivo

adoção

Elias e Priscila, assim como muito casais, sempre sonharam em serem pais, e como eles tinham que fazer tratamentos pra engravidar biologicamente, optaram pela adoção. “Sempre quisemos adotar desde solteiros e depois que casamos… foi a primeira opção foi a primeira opção ao saber que teríamos que fazer tratamentos pra engravidar biologicamente!!! Abrimos mão de fazermos o tratamento e partimos direto pra adoção… afinal não queríamos ser pais biológicos ou adotivos…queríamos ser pais!!!”, diz Priscila.

Quando a habilitação para adotar saiu, Priscila teve a ideia de registrar tudo e fazer um ensaio intitulado “Book da Gravidez do Coração”, da mesma forma que os pais biológicos registram a espera do filho que vai nascer eles resolveram registar a espera pelo filho. Veja o ensaio e se emocione :

01

casal adoção

casal adoção

casal adoção

filho adotivo

adotivo

O casal ainda montou uma página no Facebook para compartilhar conhecimentos sobre a adoção. Jessely Santos aluna de Jornalismo fez um documentário emociante sobre o assunto com titulo : Adoção: Um Exemplo de Amor, assista :

Adoção no Brasil

A adoção no Brasil esta mudando, em 2011, 38% dos pretendentes só aceitavam crianças brancas; hoje, são 23%, e 60% só queriam crianças até dois anos de idade,hoje esse numero é de 44%.

Para adotar uma criança, é preciso ter no mínimo 18 anos. Não importa o estado civil, mas é necessária uma diferença de 16 anos entre quem deseja adotar e a criança acolhida. Alem disso é preciso fazer uma petição para dar início ao processo de inscrição para adoção (no cartório da Vara de Infância). Só depois de aprovado, seu nome será habilitado a constar dos cadastros local e nacional de pretendentes à adoção. Após aprovado é necessário fazer um curso obrigatório de preparação, depois de realizado o candidato é submetido à avaliação psicossocial com entrevistas e visita domiciliar, se habilitado para adortar, você está automaticamente na fila de adoção do seu estado e agora aguardará até aparecer uma criança com o perfil compatível com o perfil, saiba mais no site do Conselho Nacional de Justiça .

Curta nossa página :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *