Quanto mais o homem ajuda em casa maior é a probabilidade de divórcio, diz estudo

homens

O estudo intitulado “Equality in the Home”, ou seja, “Igualdade em casa”, foi desenvolvido pelo Instituto de Ciências Sociais Nova, concluiu que em famílias onde as tarefas domésticas são partilhadas, as hipóteses de divórcio aumentaram em 50% em comparação com aquelas famílias onde a maioria do trabalho de casa é realizado por mulheres.

“Quanto mais ajudar um homem na casa, maior o risco de divórcio”, disse quinta-feira à AFP Thomas Hansen, coautor do estudo. Para os pesquisadores, isso não é casual. De acordo com Hansen, “casais modernos distribuem tarefas domésticas e têm uma percepção menor do casamento sagrado.”

Você conhece o Movimento Adoro Maquiagem ? (Veja aqui)

“Nestes casais modernos, as mulheres muitas vezes são altamente qualificadas e têm empregos bem pagos, tornando-se menos dependentes economicamente dos seus maridos. Portanto, podem lidar mais facilmente com casos de divórcio, “acrescentou.

A Noruega tem uma longa tradição de igualdade de gênero e a educação dos filhos é compartilhada igualmente entre mães e pais em 70% dos casos, mas quando se trata de tarefas domésticas, as mulheres na Noruega ainda fazem a maior parte das tarefas. O estudo enfatizou que as mulheres fazem isso por sua própria vontade estão “felizes” como as mulheres dos casais “modernos”.

Os dados mostram claramente que “quanto mais um homem faz em casa, maior a taxa de divórcio”, continuou ele. Com informações do Jornal The Telegraph.

Veja como melhorar seu dia a dia e seus relacionamentos Confira

E você acha que o homem deve ou não ajudar em casa? Curta nossa página e comente :

22 Comentários

Comente :)
  1. Há dualidades
    difícil encontrar um homem que faça tão bem o fazer doméstico como uma mulher
    pode ser que seja bom numa ou noutra coisa, mas em tudo somente a mulher mesmo
    ENTRETANTO
    alguns acreditam que aquela mulher que sempre conheceu, sua mãe, que REALMENTE era boa em tudo, essa já não existe mais
    é comum encontrar mulheres-homens hoje em dia, mulheres que são boas numa coisa, não mais em tudo
    é comum encontrar mulheres que queimam ovo frito, que não suportam o café que coam, que papam o arroz
    É comum encontrar mulheres que mancham as roupas, mesmo usando máquina de lavar
    É comum encontrar mulheres que quebram a louça ao lavar, que fazem armadilhar ao agasalhar a louça no armário
    É comum encontrar mulheres que se contentam em encontrar calcinhas sujas espalhadas pela casa, suportar o choro dos filhos que não almoçaram ainda, já sendo 15h e o armário e geladeira com comida pra cozinhar

    Esses homens, que assumem serviços domésticos se assustam ao encontrar mulheres assim

    As ainda existem as heroínas que dão conta de tudo? Claro que existem, mas num número cada vez menor, bem menor
    Comento com os meninos de 15 anos que precisam ser independentes, conseguir assumir uma casa sozinhos: cozinhar, lavar, limpar, arrumar, passar e cuidar dos filhos, pois não esperem isso de sua mulher, mas caso tenham a cabeça no lugar, e queiram além de sexo, uma companheira, que assumam a família jundo com eles, ai sím, valerá a pena casar
    Porque está sendo comum encontrar homens criando os filhos sozinhos, aquele terror implantado por KRAMER VS KRAMER, com o desespero de Dustin Hoffman, nunca se apresentou, como agora ocorre desde o início deste novo século

    • Concordo em partes. Vamos analisar: Vc não acha q os homens não são equiparáveis ás mulheres aos serviços domésticos, pq sempre foram as mulheres que fizeram esse tipo de serviço?

  2. A gestão da familia se baseia num quadrado k tem os seguintes cantos
    1. As normas e procedimentos culturais
    2. As obrigaçōes do marido
    3. As obrigaçōes da mulher
    4. As obrigaçōes da sociedade em k a familia está implantada
    O comportamento das pessoas resulta do cruzamento destes parametros e isso é impossivel de medir com ciência barata. Tembsido cometidos muitos erros em nome da estastistica. Não há dois casos iguais porque no artigo não se menciona nada sobre o amor. Ora sem amor não há certeza de nada. Tudo pode acontecer!

  3. A maior besteira foi a ilusão da independência da mulher,pois só arrumou pra cabeça. Além de trabalhar fora e muitas vezes sustentar a casa,continuam achando que todo trabalho doméstico é obrigação exclusiva da mulher. Cansada,estressada e sobrecarregada se torna indisposta e com isso o digníssimo se acha com direito de arrumar outra.

  4. Não tem domínio próprio, marioneta todo mundo, troca de mulher igual troca de roupa, é um fraco, inseguro e sem caráter!
    Não ama ninguém! GERALMENTE A mãe do cara TRAÍA com a geral- e- como aprende pelo exemplo- vai fazer isto a vida toda- até alguma mulher de verdade- o expor.https://www.youtube.com/watch?v=ArZt6apNfB

  5. Independentemente da ” ajuda ou obrigação “, pessoas que se equivalem no quesito independência não se fixam a uma relação sem base, não se trata de ajudar, e sim da disposição, ou vc sustenta e não se sujeita, ou aguenta. Conceito erronio, já que relacionamento não se trata tão somente de poder financeiro ou disposição a higiene do lar, e sim de reciprocidade em todas áreas humanas possíveis.

  6. Creio que fatalmente a maioria das mulheres e dos homens têm habilidades com potencial de desenvolvimento diferentes, assim como temos mais ou menos potencial para sermos melhor ou pior em determinadas profissões! Salvo exceções, continuarão a haver mais mecânicos e carpinteiros homens!!! isso é mau?! Porque será mau as mulheres entenderem melhor de trabalhos domésticos?! Vamos “querer forçar” metade de mulheres nas profissões “masculinizadas” (pela cultura!) e metade dos homens nas “feminizadas”?! Ou há meios termos diversos, desde a mulher assumir, quando sente que quer, e que é melhor para a casa, as tarefas que melhor pode desempenhar, a pagar pelos serviços assim como se pode pagar pelo mecânico na manutenção do carro, excepto a que o homem consegue fazer, idem a chamar um técnico para reparar uma instalação elétrica ou sanitária que o homem pode fazer! Ou teremos sempre que forçar a vilã divisão a meio?! Somos diferentes, homens e mulheres e o melhor é a força de cada qual prevalecer onde é melhor aplicada, ou não!? E porque será difícil a mulher aceitar que pai têm igual direito que mãe à guarda dos filhos, portanto deveriam ficar metade do tempo com um e outro?! Paradoxo, ter alguns (pre)conceitos e lutar contra outros preconceitos!! Querer liberdade para cortar a liberdade de outrem!!

  7. Gente, a materia e a pesquisa nao visa dizerno que é certo ou errado nem se é o amor ou falta dele que destroi.
    PRA QUE QUEM NAO SABE toda e qualquer pesquisa precisa de dados e amostras e assim observar e identificar os resultados. O estudo nao da opinião, apenas mostra o resultado e o que tem aconecido. Claro que tem oitras variaveis!Oitros fatores mas o fato é que o estudo mostrou isso. E é nisso que acontece, gostemos ou nao!
    Agora se é certo ou errado ajudar em casa ou nao. Isso é objeto de oitras pesquisas.

  8. Título completamente equivocado, só pra chamar leitores mesmo… De acordo com o contexto principal o certo seria:

    Quanto mais a mulher ajuda trabalhando fora, maior é a probabilidade de divórcio!

  9. Depois que casei vi que casamento é ótimo pro homem e uma furada pra mulheres. Depois que divorciei não troco minha vida de solteira por nada!

    • Achei a matéria completamente machista!! Deveriam entender q o problema destes 50% do divórcio se deve à cultura de q mulher é escrava do lar!!!

  10. Já fui casada… o problema ė que os papeis se invertem. Se o homem faz muitas tarefas em casa e a mulher ė a “chefe do lar” (ganha mais e trabalha mais) da zica… então surge o divorcio. Eu sou das antigas… o homem pode ajudar numa louça…mas ele q se vire pra ganhar mais que a mulher…pq casamento para homem ñ muda nada. Mas pra mulher… muda td…sou divorciada e feliz. Ė otimo namorar. Cada um na sua casa.

  11. O homem ñ deve ” ajudar ” em casa, deve dividir as tarefas domésticas, quando há o conceito de ajuda, é porque a responsabilidade ainda é atribuída a mulher , e o casamento deve ser uma sociedade conjugal, onde os cuidados com a casa, alimentação e filhos deve ser responsabilidade do casal, assim como o ato de prover as necessidades econômicas, devem ser igualmente, responsabilidade de ambos

  12. Sempre bom levar em consideração dados que não foram utilizados na pesquisa e também Quem leu a pesquisa, por que cada um tem uma interpretação diferente. Acredito em tudo o que foi colocado na matéria como sendo “da pesquisa”, porém meias verdades é o mesmo que mentir.

    Não dá pra dizer que dados fizeram chegar a essa conclusão, porque os argumentos que foram usados é o mesmo que dizer que o gelo é responsável por deixar as pessoas bêbadas (gelo + vodka = bebado // gelo + cachaça = bebado // gelo + whisky = bebado // Conclusão inteligente: tudo culpa do gelo)
    Mulher que quer ser independente + homem folgado = divórcio
    Mulher que quer ser independente + homem que não consegue acompanhar seu ritmo e não aceita isso = divórcio
    Os divórcios aumentaram não porque os homens estão fazendo as tarefas domésticas, mas por que a mulher não precisa mais do homem para se sustentar como era ensinado antigamente.
    Fazer tarefa doméstica é chato e cansativo, tanto para o homem como para a mulher Também, mas é necessário! A mulher não tem obrigação de fazer três turnos de trabalho enquanto o homem, que mora na mesma casa que ela, faz dois.
    E gostaria de dizer que a Noruega é um país extremamente rico e igualitário, dividindo despesas e responsabilidades domésticas Igualmente, a não ser quando a mulher trabalha Meio período fora de casa, que só então é que ela ajuda mais nas tarefas domésticas, completando o outro meio período dentro de casa. O homem de lá aceita dividir as tarefas domésticas e as despesas Igualmente se o casal sonha com uma vida financeira melhor que exige que ambos trabalhem dois períodos fora de casa.

    Resumindo: essa é mais uma daquelas matérias sem lógica de homens que não tem nada para fazer e fica procurando motivos pra ver o circo pegar fogo.

  13. Vejo que existe um certo machismo ao ler esta matéria, possa ser que não seja intencionado mas mostra muito e incentiva que o homem não deve ajudar a sua esposa em casa, porque a qualquer momento pode haver o divórcio.
    O casamento é feito só de sexo? Ou ele casou-se pra ter uma segunda mãe? Ou uma secretária do lar disponível 24 hrs pra ele?
    A convivência com o próximo tem que haver muita compreensão, companheirismo e de vez em quando tentar se colocar no lugar do outro, a corda esticada demais parte!

  14. mais pura verdade,kkkk eu trabalho e minha ex esposa também,estamos separados há 1 mês.. eu trabalho o dia todo e a noite eu estou em casa,ficava com o filho e assim que ele dormia,aproveitava para arrumar a casa e lava a louça.. mesmo ajudando bastante ela, dizia que era INFELIZ,fiz de tudo pelo casamento.. ela trabalha de tarde até a noite.. quando ela chegava em casa,nosso filho estava dormindo.. a miserável passou um bom tempo me tratando mal,sem eu ter feito nada,sempre fui um marido dedicado e nunca dei dor de cabeça a ela,com farras e raparigas.. ninguém tem cunhão de ferro uma hora vc perder a cabeça,por ser tão maltratado e escanteado,que na primeira briga ela terminou comigo.. kkkkkkkkk que merda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *