Homem para salvar seu casamento passa por “castração” diz que foi “ótimo”

castracao

Um norte-americano de 62 anos, que se diz “viciado em sexo”, passou por uma castração química para salvar seu casamento, pois ele traia sua mulher com muitas prostitutas. Segundo o site Mirror, o homem decidiu buscar a ajuda do médico psiquiatra Renee Sorrentino após sua mulher descobrir as constantes traições ocorridas nos últimos oito anos. O médico prescreveu um medicamento que reduz a quantidade de testosterona.

Depois da “castração” o homem disse “Isso foi fantástico … Eu não tive uma ereção em mais de um ano”. Ele afirmou ao site New York Magazine que pensava em sexo o dia todo e sempre contratava prostitutas e tentou fazer muitas coisas para parar, e admite que se não existisse a castração química, ele tentaria a castração física.




Segundo o americano a mudança fez bem para ambos. “Ela cuida do nosso negócio aqui em Massachusetts e está sempre viajando. Nós preenchemos o nosso vazio sexual com outras coisas”, finalizou.