Conheça a origem de alguns ditados populares

ditados populares

Você já parou para pensar de onde veio a expressão : “Custar os olhos da cara” ?, pois bem, ela veio dos bárbaros que costumavam arrancar os olhos de seus prisioneiros, pois assim eles não se vingariam de ninguém. Aproveite e descubra a origem de outros ditados populares.

Comprar “Gato por lebre”

gato por lebre

Significa ser enganado, a expressão nasceu durante a guerra muitos comerciantes realmente vendiam carne de gato no lugar de lebre, para isso eles deixavam a carne felina na água temperada para disfarçar seu cheiro.

Acabar em pizza

Uma das expressões mais usadas no meio político é “tudo acabou em pizza”, não foi criada em Brasilia, em sim em São Paulo e no futebol. Na década de 60, alguns cartolas palmeirenses se reuniram para resolver alguns problemas e, depois de 14 horas seguidas de brigas e discussões, estavam com muita fome. Assim, todos foram a uma pizzaria, tomaram muito chope e pediram 18 pizzas grandes. Depois disso, simplesmente esqueceram o assunto, foram para casa e a paz reinou. Depois desse episódio, Milton Peruzzi, que trabalhava no jornal Gazeta Esportiva, publicou a seguinte manchete: “Crise Do Palmeiras Termina Em Pizza”. Daí em diante, a expressão pegou.

Fazer uma vaquinha

ditado vaquinha

Outra expressão que nasceu no futebol, a frase veio da década de 20, quando a torcida do time carioca Vasco da Gama disse que caso o time vencesse, os atletas levavam 10 mil réis ou “um coelho” (animal correspondente ao número no jogo do bicho). No caso de vitória importante, o prêmio era 25 mil, ou uma “vaca”.

Segurando vela

Segurando vela

Antigamente empregados tinham de segurar uma vela para que os trabalhadores mais experientes pudessem trabalhar no escuro. Há quem diga ainda que isso se aplicava até na hora do sexo, quando o empregado era obrigado a ficar de costas para não ver o que seus patrões estavam fazendo.

Meia-tigela

Na monarquia os empregados costumavam ganhar sua alimentação de acordo com o serviço que prestavam, se você fosse bom você levava uma tigela inteira de comida e se fosse ruim levava apenas meia-tigela.

Dar de mão beijada

ditadomao beijada

A expressão vem do fato de que diante dos papas, os reis e nobres primeiro beijavam a mão de Sua Santidade e em seguida, faziam suas ofertas, entregando à Igreja terras, palácios e outros bens.