O amor pelo mar, fez esta mulher se transformar em sereia

mulher sereia

A australiana Kazzie Mahina, tem plena convicção de que nasceu para ser uma sereia!. Ela cresceu em uma região costeira e, sempre era possível, frequentava a praia para nadar, explorar as pedras e desenvolver uma profunda relação com a natureza. Quando jovem, ela costumava se transformar em uma “sereia”, lançando-se ao mar com as pernas amarradas por uma velha corda.

Eu amo água desde que me entendo por gente e sempre me sinto em casa quando estou nela. Eu me sinto em paz e conectada comigo mesma. Lembro-me de ter esse sentimento desde menininha”, contou ela, de acordo com reportagem do “Daily Mail”.

Mas anos mais tarde, quando foi convidada para nadar com golfinhos em uma campanha de conscientização sobre a necessidade de se preservar as águas, Kazzie resolveu dar um toque especial à sua participação. Ela e uma amiga resolveram se misturar aos golfinhos criando suas próprias caudas cinzas.Ao retornar de uma viagem pelo mundo, Kazzie contou com a ajuda de especialistas em efeitos especiais para desenvolver nadadeiras de silicone e látex. Veja como ficou :

Nadadeiras-sereia-18
A australiana Kazzie Mahina, que aparece à esquerda

sereia

sereia

Kazzie resolveu usar sua vocação para o mar e suas curiosas nadadeiras para chamar a atenção pública para a causa da preservação ambiental.Com o tempo, ela também passou a buscar parceiros para a criação de um produto único, para que mais gente pudesse ter a sensação de ser uma sereia.

Como não é sempre que se vê uma “sereia”, Mahina ganhou popularidade e conseguiu transformar isso em uma profissão. Ela é chamada para gravações em vídeo dos mais variados tipos: do cinema à publicidade. Ideia legal, não é mesmo ?