Os lugares mais assustadores do planeta

Pryipyat

Conheça os lugares mais assustadores, horripilantes, temidos, macabros e horríveis do mundo e saiba que todos são reais. Por isso respire fundo, e veja os lugares mais assustadores do planeta :


Veja também : Natura faz liquidação de Verão (Veja aqui)

Mansão Winchester

A Mansão Winchester pode parecer muito bonita e agradável à primeira vista, porém as paredes dessa construção escondem mais coisas sinistras do que você é capaz de imaginar. Esse casarão pertence à família Winchester, famosa por fabricar rifles e armamentos de igual nome.

Winchester

No século 19, Sarah Winchester, esposa do herdeiro da família, ficou profundamente deprimida com as mortes constantes ao seu redor, principalmente quando todos seus familiares morreram. Sarah consultou um médium que disse que ela estava sob uma maldição: todas as vítimas dos rifles Winchester iriam assombrá-la e causar mortes ao seu redor.

Segundo o médium, a maldição só iria terminar se ela construísse, incessantemente, um lugar para abrigar os espíritos atormentados. Sarah mandou construir – sem nunca parar – uma mansão para os fantasmas da família. Por 38 anos, a Mansão Winchester foi edificada, com milhares de corredores, quartos e escadas que simplesmente não levam a lugar nenhum. Afinal, essa construção não foi criada para os vivos, mas para os que morreram pelos rifles Winchester.

Resort San Zhi

Resort San Zhi

Esse resort com construções em formato de naves alienígenas está localizado em Taiwan, porém nunca foi finalizado. A arquitetura futurística do lugar não impediu que diversas pessoas morressem misteriosamente no local; vários acidentes fatais ocorreram com os construtores do resort e ele foi barrado na metade da construção. Os operários que sobreviveram ao começo da construção do resort não dão testemunhos e evitam chegar perto da região, fato que só aumenta as superstições em torno do complexo. Afinal, o que ocorreu nessa área?

Pryipyat, Ucrânia

Pryipyat

A cidadela de mais ou menos 50 mil habitantes ao lado de Chernobyl vivia normal e pacificamente. Mas, com a explosão da usina, em 1986, todos os moradores tiveram de evacuar a cidade às pressas, deixando tudo para trás. Até hoje é possível ver os vestígios de vida na cidade abandonada, como eletrodomésticos, roupas, quartos todos mobiliados e sinais da correria da evacuação.

Floresta Aokigahara

Floresta Aokigahara

A Floresta Aokigahara está localizada aos pés do Monte Fuji, no Japão, também é conhecido como Jukai (do japonês: mar de árvores), por causa da concentração de flora densa e pouquíssimos animais de médio e grande porte, o que torna o lugar terrivelmente silencioso. Dizem que fortes concentrações de ferro subterrâneas interferem no funcionamento das bússolas, fazendo com que, anos atrás, muita gente desavisada se perdesse na floresta.

Floresta Aokigahara 2

Infelizmente, o local é extremamente conhecido por ser o lugar em que os japoneses mais se suicidam: suspeita-se que mais de 500 pessoas já se suicidaram em meio às árvores dessa floresta macabra. O governo japonês percebeu essa tendência mórbida e espalhou diversas placas pelo bosque com frases de motivação e autoestima.

Ponte Overtoun

ponte

Talvez você não fique com medo de caminhar pela Ponte Overtoun, na Escócia, mas não leve seus cachorrinhos de estimação para dar uma volta por lá. Como a Floresta Aokigahara é para os japoneses, essa ponte é para os cachorros escoceses. Por alguma razão, aparentemente inexplicável, centenas e centenas de cachorros já se jogaram da ponte para se matar.

O fato estranho originou diversos estudos e documentários que buscaram solucionar esse mistério. As estatísticas dizem que, pelo menos, um cachorro por mês se joga da ponte. Estima-se que, ao total, já pularam mais de 500 cachorros da Ponte Overtoun.

Já foram colocadas grades ao redor da estrutura, na esperança de diminuir as mortes. Porém, os cachorros se jogam mesmo assim. Segundo testemunhas, eles escalam as grades para pular nas águas do tenebroso rio. Algumas teorias dizem os odores da região estimulam os cachorros e fazem com que eles queiram saber o que há além da ponte.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *