Mais de 7 milhões de pessoas não têm FGTS depositado, veja se você é um deles

fgts

Mais de 7 milhões de trabalhadores não tiveram depósitos do FGTS feito corretamente pelas empresas que trabalha ou trabalhou. São 198,7 mil empresas devedoras de depósitos do Fundo de Garantia, segundo informações da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), órgão vinculado ao Ministério da Fazenda.




Com isso, muitos trabalhadores que quiserem sacar o saldo de uma conta inativa podem ter problemas. Pois em alguns casos, a conta existe, mas está com alguma inconsistência, está faltando alguma informação da empresa que contratou e se o trabalhador não conseguir apresentar um documento que prove o fim do vínculo, ele pode não conseguir sacar FGTS de uma conta inativa.

Descubra se a empresa ou seu patrão está pagando FGTS




Para evitar surpresas desagradáveis na hora de se aposentar ou de sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o trabalhador deve sempre verificar se os seus direitos estão sendo recolhidos corretamente. A empresa ou empregador (no caso de empregados domésticos) que não paga o INSS do empregado comete crime previdenciário. O nome deste crime é apropriação indébita previdenciária, previsto pelo art. 168-A do Código Penal.

Para consultar o saldo é muito simples, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal (clique aqui) e acessar o menu Para trabalhadores e selecionar o FGTS. Caso você nunca tenha acessado seu extrato é necessário criar uma senha, mas diferentemente do site no INSS, a senha do FGTS pode ser feita no próprio site, para isso você precisa sabe seu número de PIS ou PASEP (pode ser encontrado na suca carteira de trabalho).

No site são apresentadas todas as contas vinculadas do FGTS para o número de inscrição PIS/PASEP informado, e o Extrato Completo apresenta o saldo atualizado e todos os lançamentos das suas contas de FGTS desde o primeiro depósito.