Veja se você tem direito de sacar o FGTS inativo

fgts

Muitos brasileiros podem sacar seu saldo de FGTS e não sabem, o FGTS inativo é quando uma conta do Fundo de Garantir por Tempo de Serviço fica sem ser movimentada. Isso acontece quando o trabalhador pede demissão e fica sem registro em carteira de trabalho, então a conta do FGTS fica inativa, mas ainda sim é do trabalhador e pode ser sacada depois de 3 anos de inatividade.

Atenção : Se você quer saber sobre FGTS inativado, devido as novas mudanças do governo, confira nossa matéria: Descubra quanto você poderá sacar de contas inativas do FGTS (clique aqui)
Existem dois tipos de contas inativas:

a) aquela que permanecer sem crédito de depósitos durante três anos ininterruptos, em razão de rescisão de contrato de trabalho, ocorrida até 13/07/90, podendo o trabalhador, a qualquer momento, solicitar o saque;

b) aquela, cujo titular completou três anos corridos fora do regime do FGTS, a partir de 14/07/90, sendo que, neste caso, o saque poderá ser efetuado a partir do mês de aniversário do titular da conta.

Se você tem FGTS retido e está há mais de três anos sem conseguir um emprego com registro em carteira de trabalho, então você pode sim solicitar o saque do saldo FGTS na Caixa, é só até uma agência da Caixa Econômica Federal com os documentos : Solicitação de Movimentação em Conta Inativa, seu RG, CPF, Cartão Cidadão e a Carteira de Trabalho.



Alem do FGTS inativo é permitido sacar o saldo do FGTS em mais 15 ocasiões :

– Na demissão sem justa causa;
– No término do contrato por prazo determinado;
– Na rescisão do contrato por extinção total ou parcial da empresa;
– Na decretação de anulação do contrato de trabalho nas hipóteses previstas no art. 37, §2º , da Constituição Federal, ocorrida após 28/07/2001, quando, mantido o direito ao salário;
– Na rescisão do contrato por falecimento do empregador individual;
– Na rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
– Na aposentadoria;
– No caso de necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural causado por chuvas ou inundações que tenham atingido a área de residência do trabalhador, quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for assim reconhecido, por meio de portaria do Governo Federal;
– Na suspensão do Trabalho Avulso;
– No falecimento do trabalhador;
– Quando o titular da conta vinculada tiver idade igual ou superior a 70 anos;
– Quando o trabalhador ou seu dependente for portador do vírus HIV;
– Quando o trabalhador ou seu dependente for acometido de neoplasia maligna – câncer;
– Quando o trabalhador ou seu dependente estiver em estágio terminal, em razão de doença grave;
– Para aquisição de moradia própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional.




Veja em nosso site : Descubra se a empresa ou seu patrão está pagando o seu INSS e FGTS
Você pode consultar o saldo de sua conta do FGTS, aqui. Será necessário o número do NIS (PIS/PASEP) e Senha Internet. É possível cadastrar a senha através da Internet. Duvidas deixe nos comentários:


10 Comentários

Comente :)
  1. Bom dia. Eu baixei o aplicativo mas na hora q fui acessar informou que minha senha foi bloqueada ate o dia 31/12/16 … como faço para ajeitar? pois ligo para a central da CEF mas nao consigo atendimento.

  2. Gostaria de saber o seguinte:
    Pedi demissão e foi homologada a minha demissão em 14/12/2015 mas tinha meses do fgts atrasados que só foram depositados em janeiro de 2016.
    De acordo com o anuncio de Temer sobre o saque do fgts, vou ter direito ao saque?

  3. Boa noite pedi para sair da empresa que trabalhava o fgts ficou retido entrei em outra empresa no mesmo mês estou até hoje trabalhando na empresa tenho direito de sacar o fgts da empresa que sai??

  4. Boa noite pedi para sair da empresa que trabalhava o fgts ficou retido entrei em outra empresa no mesmo mês estou até hoje trabalhando na empresa tenho direito de sacar o fgts da empresa que sai??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *