Google faz maior investimento em energia solar

energia solar

O Google anunciou nesta terça-feira uma aliança com a companhia de energia solar SolarCity para investir US$ 280 milhões na instalação de painéis solares residenciais nos Estados Unidos, maior aposta da gigante da internet em energias renováveis. O novo fundo financiado pela empresa representa o investimento mais alto já feito nos EUA em projetos para impulsionar o uso residencial de energia solar.

“Esperamos que, com este investimento, nos vejam como um modelo a seguir”, afirmou nesta terça o responsável de operações comerciais verdes da Google, Rick Needham, no blog da companhia. O executivo destacou que, com este fundo, o Google acumulará US$ 680 milhões investidos no setor de energias alternativas. ”Achamos que o mundo precisa de um amplo leque de energias alternativas no futuro. Estamos contentes de iniciar esta nova aliança com a SolarCity”, acrescentou Needman.

O executivo destacou que, com este fundo, o Google acumulará US$ 680 milhões investidos no setor de energias alternativas.

“Achamos que o mundo precisa de um amplo leque de energias alternativas no futuro. Estamos contentes de iniciar esta nova aliança com a SolarCity”, acrescentou Needman.

Já o executivo-chefe da SolarCity, Lyndon Rive, afirmou em comunicado de imprensa que a Google é um “exemplo” do que outras empresas americanas deveriam fazer.

“Se mais empresas seguissem a liderança do Google, poderíamos reduzir significativamente a dependência de nosso país a energias poluentes”, ressaltou o executivo-chefe da SolarCity, empresa com sede em San Mateo (Califórnia).

Rive destacou que investir em energia solar gera lucros aos investidores, economiza dinheiro às residências, ajuda a criar empregos e protege o meio ambiente.

A companhia, com mais de 15 mil projetos de energia solar distribuídos por dez estados nos EUA, espera beneficiar entre 7 mil e 9 mil proprietários de novas casas.

Após anunciar a nova aliança, as ações do Google registravam alta de 1,41% no mercado de Wall Street, enquanto as principais empresas do setor de energia solar que cotam na Bolsa recebiam o anúncio com altas significativas – GR Solar (6,73%), Trina Solar (6,05%) e LDK Solar (4,32%).