Biografia de Jeff Bezos

Jeff Bezos sempre esteve interessado em algo que podia ser revolucionado. Intrigado com o espantoso crescimento no uso da Internet, Jeff criou um modelo de negócio novo, com entregas rápidas e eficiente. Em 1994 fundou a Amazon.com, Inc., agora a maior loja virtual do mundo que oferece serviços que os varejistas tradicionais não podem: preços mais baixos, a seleção oficial, e uma riqueza de informações sobre o produto, com depoimentos de leitores.A revista TIME o elegeu o “Man of The Year” de 1999: Jeff Bezos, na epoca um rapaz de 35 anos, com a Amazon.com, um dos mais revolucionários empreendimentos da história dos negócios. Conheça mais sobre o rei do comércio virtual.


“O que nós queremos ser é completamente novo. Não existe nenhum similar analógico para o que a Amazon.com está se tornando.” Jeff Bezos

Jeffrey P. Bezos nasceu em Albuquerque, Novo México. Sua mãe ainda estava na sua adolescência, e seu casamento com o pai durou pouco mais de um ano. Ela se casou novamente quando Jeffrey tinha quatro anos. Mike Bezos seu padrasto, nasceu em Cuba, ele fugiu para os Estados Unidos aos 15 anos, ele se casou com a mãe de Jeffrey, e a família se mudou para Houston, onde Mike Bezos tornou-se um engenheiro da Exxon. Os ancestrais maternos de Jeffrey foram os primeiros colonos no Texas, e ao longo das gerações adquiriram uma fazenda de 25.000 acres em Cotulla. Seu avô era um diretor regional da Comissão de Energia Atômica, em Albuquerque. Aposentou-se cedo, e mudou-se para a fazenda da família, onde Jeffrey passou a maior parte dos verões da sua juventude, trabalhando com seu avô na fazenda.


Desde pequeno, Jeffrey exibida uma aptidão notável mecânica. Quando criança, desmontou seu berço com uma chave de fenda. Ele também desenvolveu intensos e variados interesses científicos, convertendo garagem de seus pais em um laboratório para seus projetos. Quando ele era adolescente, a sua família se mudou para Miami, na Flórida. Na escola secundária (2º grau) em Miami, Jeffrey se apaixonou por computadores. Era um estudante excepcional, e o orador oficial da turma. Ele entrou para a Universidade de Princeton, pensando estudar física, (nos EUA você entra na universidade estuda matérias básicas e depois escolhe efetivamente o curso que deseja), mas logo seu amor de computadores falou mais alto, e se graduou com uma licenciatura em ciência da computação e engenharia elétrica.

Após a formatura, Jeff Bezos encontrou um emprego em Wall Street, onde a informática estava cada vez mais sendo utilizada para estudar as tendências do mercado. Passou a trabalhar na Fitel, que estava construindo uma rede para realizar comércio exterior. Ele permaneceu na esfera das finanças com o Bankers Trust (banco americano), subindo para uma vice-presidência. Na DE Shaw (empresa de investimentos), uma empresa especializada em desenvolver aplicações para o mercado de ações. Enquanto trabalhava na Shaw, Jeff conheceu sua esposa, Mackenzie, também graduada em Princeton. Foi promovido rapidamente na Shaw, tornando-se vice-presidente sênior, Jeff tinha pela frente uma brilhante carreira em finanças, quando fez uma descoberta que mudou sua vida e o curso da história dos negócios.

Um dia de primavera, Jeffrey Bezos observou que a utilização da Internet estava aumentando muito m 2.300 por cento ao ano. Ele viu uma oportunidade para uma nova área de negócio, e imediatamente começou a considerar as possibilidades.
De uma forma metódica, Bezos, verificou quais eram os 20 negócios mais bem sucedidos de entregas por catálogos via e-mail (muito comum nos EUA) e se perguntou o que poderia ser conduzido de forma mais eficiente através da internet do que pelos meios tradicionais. Os livros eram a mercadoria para a qual não havia nenhum catálogo global, porque qualquer catálogo assim seria muito grande para enviar por e-mail, portanto perfeito para a web, que poderia compartilhar um vasto banco de dados com um número praticamente ilimitado de pessoas.

Ele voou para Los Angeles no dia seguinte para assistir a Convenção Americana Livreiros e aprender tudo o que podia sobre o negócio do livro. Ele descobriu que as principais editoras já tinham arquivos eletrônicos de seus estoques. Tudo o que era necessário era ter um único local na Internet, onde o público comprador poderia procurar o estoque disponível e fazer pedidos diretamente. Bezos sabia que a única maneira de aproveitar a oportunidade era para entrar no negócio. Isso significaria sacrificar seu emprego seguro em Nova York, mas ele e sua esposa, Mackenzie, decidiram ir em frente.
Jeff e Mackenize voaram para o Texas, para fundar a unidade em Seattle, onde eles teriam acesso fácil ao atacadista livro Ingram, e para o pool de talentos de informática, que seria necessário para a sua empresa. A empresa seria chamada de Amazon (Amazonas), em homenagem o rio Amazonas que é aparentemente interminável com os seus inúmeros afluentes.

Eles se estabeleceram em uma casa de dois quartos, Jeff criou três microestações Sun, quando o site de teste foi instalado e funcionando, Jeff pediu a 300 amigos e conhecidos para testá-lo. O código funcionou perfeitamente em todas as plataformas. Em 16 de julho de 1995, Bezos abriu seu site para o mundo. Em 30 dias, a Amazon vendeu livros em 50 estados americanos e 45 países. Em setembro de 1995, teve vendas de U$ 20.000 por semana. Bezos e a sua equipa continuou a melhorar o site, com a introdução de inéditos recursos como um clique de compras, opiniões dos clientes, e verificação de compra por e-mail.

O negócio cresceu mais rápido do que Bezos ou alguém tinha imaginado. Quando a empresa foi vender parte de suas ações na Bolsa em 1997, os céticos se perguntavam se a Amazon poderia manter a sua posição depois empresas pesos pesados como a Barnes and Noble e Borders entraram em cena da Internet. Dois anos mais tarde, o valor de mercado das ações da Amazon foi maior que a dos seus dois maiores concorrentes de varejo juntos e Jeff tinha dito aos seus primeiros investidores que havia uma chance de 70% de perderem todo seu dinheiro no investimento, para se ter uma ideia, seus pais assinaram um cheque de 300 mil dólares, uma parcela substancial de suas economias. “Nós não estávamos a apostar na Internet”, disse sua mãe. “Estávamos apostando em Jeff.” Até o final da década de 90, seis por cento dos acionistas da Amazon, estavam bilionários. Durante vários anos, um terço das ações da empresa estavam nas mãos de membros da família Bezos.

A Amazon estava crescendo muito rápido, mas alguns analistas chamaram de “uma das mais inteligentes estratégias na história dos negócios.” Através de cada ciclo de expansão, Jeff Bezos continuamente enfatizou os “Seis Valores:. Obsessão do cliente, a propriedade intelectual, a rentabilidade, a frugalidade (esfrutar a virtude de obter um valor adequado para cada minuto da nossa energia vital e de tudo queusufruímos), contratação de talentos e inovação” .
Jeff diz que “A nossa visão é ser a empresa mais centrada no cliente. O lugar onde as pessoas vêm para encontrar e descobrir qualquer coisa que quiser comprar online.” A Amazon passou a vender CDs de música, vídeos, brinquedos, eletrônicos e muito mais.

Em outubro de 2002, a empresa adicionou a venda de roupas para o seu line-up, através de parcerias com centenas de lojas, incluindo The Gap, Nordstrom, e Land’s End. A Amazon.com fechou 2006 com vendas anuais acima de US $ 10,7 bilhões. Amazon é hoje a maior varejista on-line da América, com quase três vezes mais vendas do o segundo colocado.
Hoje, Jeff Bezos e Mackenzie vivem ao norte de Seattle, e são cada vez mais preocupados para atividades filantrópicas. “Doar dinheiro tem tanta atenção como a construção de uma empresa de sucesso”, ele disse. O sucesso da Amazon também tem permitido Bezos para explorar um interesse contínuo em viagens espaciais. Em 2004, fundou uma companhia aeroespacial, a Blue Origin, para desenvolver novas tecnologias para vôos espaciais.

Em 2007, a Amazon lançou um dispositivo de leitura eletrônica chamado Kindle. Com o lançamento do Kindle, a Amazon rapidamente capturou 95% do mercado dos EUA para e-books. O primeiro grande desafio à supremacia do Kindle no mercado de e-book veio em 2010, quando a Apple introduziu o seu computador tablet IPAD, que também é projetado para uso como um dispositivo de leitura. Bezos respondeu agressivamente, o corte de preço no varejo do Kindle e adicionando novas funcionalidades. Um modelo funciona com Wi-Fi. O novo Kindle é mais fino e mais leve que seus antecessores, com maior duração da bateria, são mais fáceis de ler à luz do sol, e custar centenas de dólares menos do que o IPAD.

Em meados de 2010, o Kindle e as vendas de livros eletrônicos atingiram 2,38 bilhões dólares, e as vendas da Amazon de livros eletrônicos bateram suas vendas em livro convencional.

A Amazon possui hoje mais de 25 mil funcionários. 90% dessa força de trabalho passam o dia escrevendo software, criando novas abordagens de venda, desenvolvendo mercados, compartilhando conhecimento como nunca se viu na história do varejo.

E você quer ler a biografia de alguém ? Deixe a sua sugestão.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *