Dicas para aprender inglês no seu tempo e sem gastar


O mercado de trabalho anda tão concorrido que parece que tudo que tentamos fazer para deixar o currículo mais robusto virou pré-requisito, graças ao acesso facilitado à educação e o inglês já é parte fundamental de um bom currículo.


O que fazer quando é necessário se reciclar, mas o tempo e o dinheiro estão curtos? Existe sim muito conteúdo de alta qualidade, grátis e online, e o foco desse post é no aprendizado de inglês, fundamental para um bom currículo.

Conhecer uma segunda língua é uma questão de tempo, hábitos e material adequado. Estudos virtuais exigem muita dedicação e concentração. Aqui vão 5 dicas sensacionais para que você obtenha sucesso no seu aprendizado:


1. Defina objetivo e tempo

Pense no quanto você quer falar inglês e para quê. Seaprender ingles para entender uma música, ou para fazer uma viagem ou ainda para ler livros técnicos. Quando definir para o quê está estudando o inglês, vai conseguir visualizar os objetivos, carga de estudos e quanto tempo vai demorar a chegar lá.

2. O material é fundamental

Escolha o material que mais te atraia e que seja de qualidade. Tenha em mãos a lista das 100 palavras mais usadas da língua. Um grupo de apenas 25 palavras corresponde a 33% de todo o material impresso em inglês; expandindo para 100 palavras, você pode cobrir 50% e daí em diante. Teste as ferramentas listadas abaixo e identifique o que você mais gosta.

Palabea é uma rede social que funciona com salas de aula onde nativos do idioma estão ali para aprender e ensinar.

No Busuu você aprende pelo sistema de flashcards, que são cartões com dicas de vocabulários e construções gramaticais.

O Livemocha combina lições autodidatas, ferramentas motivacionais e toda uma comunidade para ajudar você a aprender um idioma.

eLanguage School trabalha com métodos bastante convencionais, o que pode ser mais fácil de acompanhar para quem já fez um curso de línguas anteriormente.

MyLanguageExchange tem como objetivo facilitar o aprendizado de línguas estrangeiras por meio de cursos desenvolvidos pelos próprios usuários.

No XLingo todos podem  interagir (com nativos) utilizando um plugin para o programa Skype, permitindo o uso de voz ou texto.

Anki, é um aplicativo que vai te mostrando flashcards e você vai diz se foi fácil ou difícil de lembrar daquilo. O algoritmo do programa calcula o tempo ótimo para te mostrar aquela carta de novo (exatamente quando você está prestes a esquecer), o que maximiza o aprendizado.

Como Aprender Inglês – O guia definitivo, é um guia completo para aprender inglês, no qual você aprenderá as melhores técnicas para aprender a entender, ler, falar e escrever em inglês o guia traz informações que revolucionarão seu modo de estudar idiomas e servirão não somente para estudar inglês, mas, de fato, para estudar qualquer outro idioma estrangeiro. ( o guia custa apenas R$ 49,90)

Agora é só testar e escolher!

3. Organize seu tempo

Com material em mãos e meta para cumprir, defina quanto tempo por dia você precisa estudar. Mas pense em uma carga horária que você irá cumprir, nem que seja 30min por dia. Não exagere para não atrapalhar a formação do hábito em si.

4. Punição

O ser humano é movido a perdas. Use isso a seu favor, caso não alcance seu objetivo. Um exemplo legal é fazer uma caixinha, colocar uma grana alta para seus padrões dentro dela, entregar para um amigo, namorada(a), irmão e pedir para que essa pessoa só te devolva se você conseguir traduzir uma música que ele escolher, sem usar um dicionário depois de um mês de estudo. Se você não conseguir a pessoa fica com dinheiro. Agora sim, você vai ter algo real a perder.

5. Entre de cabeça na língua

Mude tudo para o inglês: Celular, computador, áudio dos filmes e seriados, livros, tudo! Se você tem um hobby, como cozinhar ou jogar futebol, comece a consumir material da área que você curte na língua de destino. Isso vai te ajudar com a motivação de continuar estudando e facilitará sua vida.