Quando uma área exata é feita de humanidade

Escrever linhas de código, criando algoritmos e dando sentido para os caracteres é uma arte. Definitivamente a área de programação é considerada matéria exata, mas muito de humano é preciso para se dar bem nessa área. Muitas vezes é necessário ter sensibilidade para compreender as tarefas diárias, ter envolvimento com pessoas e principalmente a empatia para se colocar no lugar de alguém e entender seus problemas e suas necessidades. No último ano de faculdade percebi e cheguei à conclusão com alguns amigos de classe, que desenvolver um sistema (ou parte dele) com uma boa qualidade deve ser feito por pessoas que saibam se comunicar e tem um lado humano bem desenvolvido.  Claro que um produto pode sair da mente de uma pessoa que mal se comunica, mas em uma grande corporação, comunicar-se é essencial.

Comunicação não diz respeito apenas a troca de palavras, ela exige bem mais que isso. Uma boa comunicação é definida pela capacidade de transmitir palavras que podem ser interpretadas pelo ouvinte. Comunicação é transmitir uma mensagem que será entendida e transformada em algo (falando especificamente da área de desenvolvimento de software). Escrever um bom código, por exemplo, é comunicar-se eficientemente com uma máquina.

Tive a oportunidade de passar por empregos onde a comunicação era extremamente ineficiente, e isso era refletido na qualidade do produto final e em intermináveis retrabalhos, já que os clientes não ficavam satisfeitos em receberem produtos que não foram preparados da forma esperada. Ainda assim, essas empresas estão vivas no mercado por uma necessidade absurda que tem de melhorar e automatizar seus processos. Essa necessidade dá a oportunidade para empresas que não buscam a comunicação (nem na relação cliente-fornecedor ou empresa-empregado), produzindo software de baixa qualidade, com muito retrabalho e desperdiçando tempo (e consequentemente dinheiro) dos interessados.

Comunicar-se é o fator essencial hoje em dia! Vivemos a era da informação, mas não podemos guardar esse conhecimento em nossa mente. Temos que saber transmiti-lo da melhor forma possível para criarmos produtos agradáveis e, acima de tudo, utilizáveis. Como disse no primeiro parágrafo, comunicar-se não é apenas transmitir palavras, já que nós, desenvolvedores, estamos em constante comunicação com o software, com nosso código e principalmente com os companheiros de trabalho. Cobre sempre a comunicação das pessoas. Exija um código bem claro. Questione sempre que aquela ideia não for passada de maneira clara e objetiva. Cobre quando seu superior passar tarefas que exijam habilidades paranormais para serem decifradas. Seu futuro profissional depende da comunicação, aceite isso. Você pode até conseguir um trabalho hoje em dia, mas sustenta-lo irá depender da sua comunicação com o mundo.

Lembre-se disso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *