Saiba como se prevenir das doenças típicas do frio

frio e gripe

O Brasil é um país tropical, abençoado por Deus, como diz a canção. Em grande parte do país o calor domina, mas temos regiões, como o Sul, por exemplo, que sempre faz frio. Já no Outono, a temperatura cai bastante e no Inverno o frio é intenso em alguns dias e aquelas pessoas que sofrem algum tipo de alergia são as que mais padecem, porém qualquer um está sujeito às doenças típicas do frio.

Segundo dados médicos, as alergias respiratórias, entre elas, asma e rinite alérgica, acometem 25% da população. Esse é um índice alto se for comparado a outras doenças crônicas, como a diabetes (8%) e a hipertensão arterial (15%). Existem remédios para combater essas doenças do frio, mas os especialistas alertam que a atitude mais inteligente ainda é a prevenção.

Outro dado alarmante é que as doenças respiratórias estão em quarto lugar entre aquelas que mais matam no Brasil, segundo levantamento do Ministério da Saúde. A grande vila dessa categoria é a pneumonia, a mais frequente e a terceira na lista da mortalidade. Uma das prevenções em relação à pneumonia é a imunização.

As gripes e resfriados também incomodam no período de frio e têm sintomas semelhantes, mas são doenças diferentes. O resfriado costuma durar de quatro a cinco dias, porém pode se prolongar por até duas semanas, causando sintomas como a coriza, obstrução das vias respiratórias, espirros e até dor de garganta.

Existe tratamento com analgésicos e antitérmicos para aliviar os sintomas, mas em se tratando de prevenção, o conselho dos médicos é que se lave muito bem as mãos e o nariz.

Já a gripe é causada pelo vírus influenza e seus sintomas são febre alta e abrupta, dores por várias partes do corpo e fadiga. Se não for tratada e diagnosticada corretamente, pode provocar complicações.

O tratamento também é feito com analgésicos e antitérmicos, mas recomenda-se repouso e hidratação, ou seja, beber muita água. Como prevenção é aconselhável que se lave bem as mãos e o nariz e evite aglomerações de pessoas, além de tomar a vacina anual contra a gripe.

Quanto às alergias, também recomenda-se beber muita água, manter a casa e o local de trabalho bem ventilados. Também é preciso evitar produtos ou situações que possam desencadear os mais variados tipos de alergia, entre elas a rinite alérgica.