Golpe via WhatsApp já atingiu 100 mil brasileiros em 48 horas

golpe whats

Segundo especialistas da companhia, o golpe segue o padrão de ataques no WhatsApp: o usuário recebe uma mensagem de contatos conhecidos ou de algum grupo do WhatsApp, convidando a clicar no falso anúncio. A mensagem utiliza o mês do Dia das Mães como chamariz para atrair a vítima, alegando que ainda é possível presentear sua mãe com um vale compras no valor de R$500.

Ao clicar no link com a falsa promoção, o usuário é direcionado para uma página que afirma que ele foi selecionado para ganhar o voucher até o dia 20/05. Porém, para liberar o “vale-presente”, ele é orientado a compartilhar o link do cupom com dez amigos ou três grupos diferentes via WhatsApp.

Para que o usuário realmente compartilhe o golpe e o cibercriminoso consiga disseminar com maior velocidade o seu golpe, atingindo um maior número de vítimas, são mostradas instruções com o passo a passo de como ele deve proceder.

Golpe no whatsapp
O ataque ainda conta com comentários de falsos usuários elogiando a promoção

Em seguida, o usuário é encaminhado para se cadastrar em sites maliciosos – que efetuam cobranças indevidas – ou a baixar apps falsos, que podem infectar o smartphone e deixa-lo vulnerável a outros tipos de crimes ou roubar seu dingheiro. O ataque ainda conta com comentários de falsos usuários elogiando a promoção como “Obrigada, vai ser um presentão para minha mamãe” e “ Já usei o meu hoje. Valeu”, com o intuito de validar o golpe.

Para não se tornar uma vítima de hackers, o gerente de Segurança da PSafe, Emilio Simoni, reforça a necessidade dos usuários de smartphone terem sempre um antivírus com a função ‘antiphishing’ instalada, garantindo desta forma uma navegação segura na internet.

Umas das loja citadas no golpe é a Lojas Pernambucanas, em nota a empresa disse “A Pernambucanas esclarece que não está realizando nenhum tipo de promoção em seu nome nas redes sociais, como WhatsApp, Instagram e por e-mail, que dá direito a um vale-compras no valor de R$ 500,00. A companhia orienta aos usuários a deletarem e não compartilhar a mensagem com seus amigos do aplicativo.”